fbpx
  • LOGIN
  • Nenhum produto no carrinho.

COMO AUMENTAR A VIDA ÚTIL DO TUBO DE RAIOS X

Durante minhas aulas sobre Tubos de Raio X raramente comentava ou dava dicas aos meus alunos sobre a importância dos cuidados que devemos tomar na conservação   do tubo de Raios X

Com o passar do tempo fui percebendo que esse assunto é importante e por isso, deve ser abordado ainda no processo de formação. Com isso desenvolve nesse profissional um senso de responsabilidade.

 Perceber o quanto antes a importância de se desenvolver nos quesitos técnicos da profissão, será um diferencial na sua carreira.

O tubo de Raios X é um componente caro e  grande parte das falhas que ocorrem no tubo, estão relacionadas aos erros técnicos e a falta de cuidado.

Outro motivo do desgaste no tubo de Raios X é o calor excessivo produzido durante a produção dos Raios X.

Porém vale ressaltar que os equipamentos que estão instalados nos Prontos Socorros funcionam praticamente 24 horas, ou em unidades que a carga de trabalho supera os limites do equipamento, também são responsáveis por reduzir a vida útil do tubo de Raios X.

Vale a pena seguir algumas dicas para a conservação deste componente e saber que você pode contribuir para que a vida útil do tubo de Raios X seja  prolongada.

  1. Seguir as orientações do fabricante quanto ao preparo do tubo e para o disparo do feixe.

Podemos obter essas orientações consultando o manual do equipamento ou mesmo perguntando ao engenheiro do equipamento.

  • Evitar excessiva geração de calor, evitar usar técnicas de exposição próximas ao limite do tubo.

 Estas informações sobre os limites você também pode obter consultando os documentos do equipamento.

  • Não apertar o botão de disparo do feixe se não for fazer nenhuma exposição, o uso desnecessário causa um desgaste no filamento e no rotor.
  • O uso de correntes elétricas de baixa intensidade com longos tempos de exposição também diminuem a vida útil do tubo, sempre que possível deve ser otimizado o uso do filamento.
  • Não movimentar o tubo enquanto ele estiver energizado, este movimento pode danificar o anodo como resultado de um torque.
  • Longos tempos de exposição causam aquecimento além do normal no anodo. Pode resultar em danos nos rolamentos do conjunto  do rotor.

Danos nos rolamentos causam fricção distorcendo o anodo giratório.

Na sua rotina diária, se ouvir algum barulho estranho no tubo de Raios X, acione a Engenharia Clínica. Este ruído pode indicar sérios problemas.

Operar o tubo de Raios X de maneira inadequada, afeta  a qualidade da imagem radiográfica e também a vida útil deste componente tão importante.

Entender os fatores de exposição, seu efeito sobre o feixe de Raios X e saber exatamente o que ocorre no interior do tubo em cada uma das ações rotineiras de trabalho, são considerações importantes para qualquer operador de equipamentos de Radiodiagnóstico.

Ref: Fauber TL.;Radiographic Imaging Exposure, 5th. Elsevier

Fosbinder RA., Orth D.; Essentials of Radiological Science, LWW

Se você quiser assistir o vídeo sobre este assunto, clique aqui.

0 respostas em "COMO AUMENTAR A VIDA ÚTIL DO TUBO DE RAIOS X"

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X